Descubra os maiores sucessos da banda Viper de Cassio Audi

Resultado de imagem para "cassio audi"Viper

A banda Viper foi criada pelos músicos Felipe Machado, Pit Passarell e Yves Passarell quando eles ainda eram adolescentes. Em conjunto, os três chegaram a pensar em outros nomes, como por exemplo, Dragon, Pruckles e Rock Migration antes de escolherem o nome definitivo do grupo.

Logo no início da carreira, os três músicos realizaram os seus primeiros shows para pequenos públicos, aproveitando para guardar os cachês e utilizá-los para a compra de instrumentos musicais profissionais. Após identificar que precisava de um baterista, o Viper testou por algum tempo o músico Markus Kleine, mas acabou se decidindo pouco tempo depois pelo baterista Cassio Audi, que entrou para o grupo de forma definitiva.

Em 1984, o Viper se apresentou em um importante festival de talentos, no qual cantou as músicas “H. R.”, uma de suas primeiras composições, e o sucesso do Black Sabath, “Paranoid”, o que rendeu a banda a terceira colocação no festival. Meses depois, um novo membro foi convidado a entrar para a banda, dessa vez o vocalista Andre Matos, que se uniu a Felipe Machado, Cassio Audi, Pit Passarell e Yves Passarell no momento em que eles assinaram contrato com a sua primeira gravadora, a Rock Brigade.

Depois de gravarem algumas demos, a banda finalmente teve os meios necessários para desenvolver o seu primeiro álbum, que foi intitulado como “Soldiers of Sunrise” e chegou as lojas no ano de 1987. Com o álbum, os músicos fizeram sucesso com hits como “Law of the Sword”, “The Whipper” e “Killera (Princess of Hell)”, as quais se destacaram por seu instrumental potente e contagiante, duas características bastante presentes no estilo de música criado pelo Viper.

No caso de “Law of the Sword”, por exemplo, a música fez sucesso com seu ritmo animado e acordes de guitarra, baixo e também da bateria de Cassio Audi que embalava a canção com batidas eletrizantes, as quais conquistaram diversos fãs para a banda. Como consequência, o álbum conseguiu vender mais do que o esperado, o que possibilitou o Viper de ascender profissionalmente e fechar contrato com uma gravadora maior, a Eldorado.

Com alguns anos de estrada, o Viper já fazia bastante sucesso, tendo fãs também no exterior, como em países da Europa e o Japão. O sucesso com os fãs japoneses foi tanto que a banda foi convidada a fazer uma turnê pelo país, chegando a vender mais álbuns que bandas bem estabelecidas como Nirvana e Van Halen. Simultaneamente, em solo nacional, Andre Matos, Felipe Machado, Cassio Audi, Pit Passarell e Yves Passarell se destacaram como um dos maiores nomes do heavy metal no Brasil.

Ao fazer uma retrospectiva da carreira musical do Viper, um dos elementos essenciais para o sucesso da banda foi a experiência de seus integrantes com o metal, com destaque para o baterista Cassio Audi. Segundo os fãs da banda, isso foi um dos fatores que ajudaram na internacionalização do grupo e para que este se estabelecesse entre os principais artistas de heavy metal do cenário mundial nos anos 80.

 

Alguns dos maiores estádios do mundo para fãs do futebol conhecerem

Image result for Estádio Azteca, Cidade do México (México)
Estádio Azteca

No mundo existem estádios de futebol que mesmo em um dia sem nenhum jogo, eles viram pontos turísticos com visitas guiadas e museus dentro de suas dependências. Algumas dessas construções podem ser clássicas ou modernas, mas isso acaba não importando muito para aqueles que são fãs desse esporte mundial. Alguns desses maravilhosos palcos do futebol estão nessa lista.

Estádio Azteca, Cidade do México (México)

Esse estádio é um dos maiores do mundo, e foi palco de duas finais de Copa do Mundo, sediadas pelo México em 1970 e 1986. O ator Roberto Bolaños, que interpretava os personagens Chaves e Chapolin, foi velado nele em 2014.

Bombonera, Buenos Aires (Argentina)

Localizado no bairro La Boca, em Buenos Aires, esse estádio é uma das principais atrações para aqueles que visitam a capital argentina. O seu nome oficial foi dado em homenagem a um ex-presidente da Argentina, Alberto Jacinto Armando. Mas o seu apelido foi dado devido à sua forma, que lembra uma caixa de bombons. Esse estádio é a sede do time tradicional argentino, o Boca Juniors, e existem visitas guiadas que mostram os seus títulos e os seus principais jogadores.

Camp Nou, Barcelona (Espanha)

Este estádio é um dos maiores do mundo e ele é a terceira sede do Barcelona. O estádio possui visitas guiadas que mostram o museu do Barcelona, vestiários, sala de imprensa, túnel dos jogadores e outros locais.

Lujhniki, Moscou (Rússia)

Cenário dos Jogos Olímpicos de 1980, esse estádio foi inaugurado em 1956, e vai sediar três jogos da  Copa do Mundo da Rússia , no próximo ano, sendo que a final está prevista para acontecer nele. Ele já foi reformado algumas vezes, e está passando por uma remodelação para atender a todos os requisitos da FIFA, para a Copa do Mundo.

Estádio Nacional de Pequim, o Ninho do Pássaro (China)

Este estádio é chamado de Ninho do Pássaro, devido às estruturas de ferro e aço exibidas no seu exterior. Ele também foi palco da abertura e do encerramento em 2008, dos Jogos Olímpicos de Pequim.

Wembley, Londres (Inglaterra)

Esse estádio foi construído entre os anos de 2003 e 2007, no lugar do anterior Estádio de Wembley. Ele possui cerca de noventa mil lugares, recebendo jogos de futebol, eventos de atletismo, de rúgbi, além de shows musicais. Ele também oferece visitas guiadas, locais para conferências e espaços para festas temáticas para crianças.

 

Descubra quais são os passeios imperdíveis em Dubai

Um dos destinos turísticos mais luxuosos e glamourosos do Oriente Médio, Dubai começou a se tornar o que conhecemos nos dias de hoje a partir da década de 70. Atualmente, o Emirado é formado por centenas de edifícios arranha-céus, hotéis cinco estrelas e shopping centers de última geração, sendo assim um destino de viagem bastante interessante. Para aqueles que planejam conhecer o local, a seguir estão algumas dicas de programas imperdíveis em Dubai.

Pare para observar as fontes dançantes

Durante a noite, em intervalos de meia em meia hora, as grandiosas fontes de Dubai protagonizam verdadeiros espetáculos, ao som de músicas populares entre os árabes, e também de clássicos da música ocidental como Thriller do Michael Jackson. Além de muito bonito, os jatos de água das fontes ao som das canções costuma impressionar a todos a sua volta, sendo assim uma particularidade imperdível em Dubai.

Visite o Platinum Heritage

Situado no meio do deserto, o Platinum Heritage é um local em que os turistas podem alugar carros antigos conversíveis com motorista para fazer um passeio pelo deserto, e ainda praticar outras atividades comuns no universo árabe, como andar de camelo e passear de balão.

Prove pratos típicos da culinária árabe no restaurante Thiptara

O Thiptara é considerado como um dos melhores restaurante de Dubai. Com pratos típicos da culinária árabe e tailandesa, o restaurante está localizado próximo de fontes dançantes, o que permite que os visitantes tenham uma visão privilegiada do espetáculo. Em relação ao cardápio, muitos pratos são feitos com bastante pimenta, mas ao conversar com os atendentes, é possível pedir que a quantidade da iguaria seja reduzida na preparação do pedido.

Conheça o Dubai Mall e os Souks

O Dubai Mall é um dos melhores shopping centers da região, com centenas de lojas de grife, reunindo o que há de melhor na moda contemporânea. Além do shopping, também é imperdível o passeio pelos Souks,  que são os mercados tradicionais de Dubai.  Neles, é possível encontrar várias especiarias e produtos artesanais, incluindo roupas, objetos de decoração e muito mais, lembrando que os preços dessas peças não são baratos.

Descubra os melhores destinos desconhecidos da Europa

Recentemente, o prestigiado levantamento European Best Destinations 2017, acaba de eleger os melhores destinos turísticos ainda pouco conhecidos da Europa. Confira a seguir quais são as cidades europeias escondidas mais interessantes em 2017.

1) Samos – Grécia

Resultado de imagem para Samos - Grécia

Pequena ilha grega, Samos é repleta de natureza e possui praias de água limpa e cristalina. Além do mar lindíssimo, a ilha também possui dezenas de trilhas incríveis com vegetação nativa. Com cerca de 40 mil habitantes, o local também é conhecido por ser a cidade natal em que Pitágoras nasceu.

2) Civita di Bagnoregio – Itália

Civita di Bagnoregio é uma cidade com pouquíssimos habitantes, que se destaca por sua arquitetura quase perfeita, de tão preservada, dos séculos XIV e XV. Utilizada mais como casa de veraneio, o local possui muitas residências de luxo, sendo assim  uma cidade muito organizada e encantadora.

3) Rothenburg – Alemanha

Considerada como um destino histórico riquíssimo, a cidade de Rothenburg, situada no estado da Baviera, preserva até hoje o estilo e a arquitetura medieval em diversas construções. Outro ponto positivo do local é a sua gastronomia, que representa muito bem o que há de melhor da culinária alemã.

4) Preko – Croácia

Resultado de imagem para preko croacia

Com menos de 100 mil habitantes, Preko é um dos destinos preferidos dos croatas durante o verão, devido ao clima agradável e as paisagens naturais incríveis da região, compostas por monumentos histórios que datam de mais de oito séculos atrás.

5) Rocamadour – França

Localizada à beira de um penhasco bastante íngrime, a cidade francesa Rocamadour é onde se encontram a basílica de Saint-Sauveur e a cripta de Saint-Amadour, ambas tidas como patrimônio global da Unesco. Outro ponto positivo da cidade é a sua riqueza natural, que se mantém bastante preservada até a atualidade.

6) Bohinj – Eslovênia

Resultado de imagem para Bohinj - Eslovênia

Bohinj está situada bem ao centro da serra mais alta da Eslovênia, sendo também onde se encontra o maior lago do país. Tudo isso faz do local um dos destinos mais indicados para aqueles que adoram natureza e desejam se conectar com o meio natural.

 

Criatividade continuará a ser grande aliada de futuros profissionais

Resultado de imagem para criatividade

Especialistas em educação e em economia, afirmam que a nova geração que entra no mercado de trabalho terá que ser mais criativa e integrada a equipe. Em cada 10 crianças que estudam hoje no ensino fundamental, um dia trabalharão em profissões que ainda nem foram criadas.

Quando as crianças e os adolescentes de hoje chegarem a idade adulta vão trabalhar em profissões que ainda não conhecemos. Um relatório apresentado no fórum econômico mundial trouxe um ranking com 10 habilidades que serão essenciais para os profissionais em 2020.

Dentre eles estão: resolução de problemas complexos, pensamento crítico, criatividade, administração de pessoas, coordenação com os outros, inteligência emocional, tomada de decisões, orientação de negócios, negociação, e flexibilidade cognitiva.

A criatividade é uma das aptidões que se repetem nos últimos rankings, e a previsão é que ela será a característica mais importante daqui há três anos. A facilidade de trabalhar em equipe também ganha destaque, inclusive nas profissões mais técnicas. Já não vai haver lugar para o especialista que prefere se isolar do resto da equipe.

O instituto ACAIA trabalha com crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade na zona Oeste de São Paulo. Eles oferecem atividades e oficinas que trabalham a autonomia e o raciocínio lógico. “Preparar as crianças emocionalmente, na verdade é o mesmo que você respeitar o tempo da criança e ao mesmo tempo propor desafios”, disse a diretora do instituto ACAIA, Elisa Bracher.

Para a especialista em educação, Carolina da Costa, as políticas públicas de ensino devem se adaptar rapidamente. “Afinal de contas nós queremos indivíduos conscientes dos impactos de suas ações no coletivo. Então, escolas que conseguem produzir situações e oportunidades onde o aluno treine e desenvolva essa consciência de interagir dentro do coletivo, estarão em um caminho bastante produtivo de formação dessas pessoas”, disse Carolina da Costa.

Por isso, os especialistas aconselham que os pais também estimulem essas habilidades nas crianças, para que elas tenham uma ótima colocação no mercado de trabalho no futuro. Atividades que proporcionem certa responsabilidade às crianças e que estimulem a criatividade, são ótimas para desenvolver habilidades importantes. Esse estímulo deve partir das instituições de educação e também de casa.

 

As dietas que são feitas nas cinco regiões onde as pessoas chegam aos 100 anos

Resultado de imagem para pessoas centenárias

Uma questão que interessa tanto os estudiosos quanto as pessoas comuns, é o que fazer para se ter uma vida longa. Ingerir alimentos mais saudáveis é com certeza, uma das práticas corretas para que a expectativa de vida aumente.

Em cinco locais do mundo, é exatamente a alimentação que chama a atenção, porque seus habitantes vivem em média mais de cem anos.

O pesquisador americano, Dan Buettner, contou à BBC que o que eles descobriram foi que além deles viveram mais, eles também vivem de forma mais satisfatória na sua velhice. Esses cinco locais foram chamados pelo pesquisador de “zonas azuis”.

Essas cinco regiões estão localizadas na ilha de Okinawa, no Japão, na ilha de Ikaria, na Grécia, na cidade de Loma Linda, na Califórnia (EUA), na península de Nicoya, na Costa Rica e  na Sardenha (Itália) . No seu livro chamado As Zonas Azuis, Dan Buettner pesquisou os hábitos alimentares de todos esses locais.

O que ele descobriu foi que a maioria dos alimentos que eles comem são naturais, e não ingerem produtos industrializados. O que se já tem consciência até agora, é que o tempo de nossa existência média depende de 20% da nossa genética, e de 80% do nosso modo de vida, dependendo muito da nossa alimentação e procurar não ter uma vida sedentária.

O estudo de Buettner, que teve uma parceria da National Geographic, mostrou que os principais alimentos ingeridos pelos moradores dessas regiões foram os grãos, as folhas verdes (vegetais), e as oleaginosas. Dependendo de cada local, podem existir algumas alterações e complementos desses alimentos.

Foi verificado que eles se alimentam de carboidratos, mas não de forma processada como por exemplo em bolos, mas de batatas e do grão de trigo. Outro fator observado, foi que nessas regiões os habitantes não ingerem nas suas dietas, nem refrigerante e nem leite de vaca e produtos derivados dele. E os moradores que consomem queijo, somente os que são feitos com leite de cabra ou de ovelhas.

O consumo de peixe deles é alto, em torno de três vezes por semana, enquanto que o consumo de carne vermelha é baixo, em torno de cinco vezes por mês, explicou o pesquisador.

Outra coisa que foi observada, é o que os moradores dessas regiões bebem. As bebidas preferidas deles são a água e o vinho. Eles ingerem em média, seis copos de água diários e três taças por semana de vinho. O café foi outra bebida além dessas outras, que apareceu como uma das preferidas entre os moradores dessas regiões e isso causou surpresa aos pesquisadores. O consumo do café é bem comum, já que eles o consideram um forte antioxidante.

O estudo concluiu também, que não é boa a atuação de alimentos processados, nas dietas dos habitantes por todo o mundo, com uma influência direta dos Estados Unidos. Algumas das zonas azuis podem perder essa longevidade da população, devido a inclusão dos alimentos processados nos seus hábitos alimentares.

 

Saiba o que a cafeína faz com seu cérebro

Resultado de imagem para café

Uma bebida mundialmente procurada por muitas pessoas, que além de ser saboroso, nos ajuda a se manter despertados durante o dia e dependendo da hora que for tomado pela última vez, nos mantém acordados a noite.

Durante o dia nosso corpo produz adenosina que auxiliar para dormir, e com a ingestão do delicioso cafezinho que contém cafeína, os receptores dessa substância confundem os dois, fazendo com que tenhamos a sensação de estar mais ativos por mais tempo. Porém o corpo sentirá necessidade de ingerir cada vez mais café, pois a quantidade de receptores da substância se multiplicam.

A cafeína não afeta somente essa função do corpo, e estudos mostram que outras funções como o metabolismo e sistema nervoso também sofrem modificações que podem afetar o seu humor positivamente, diminuindo assim os riscos de uma possível depressão.

Isso ocorre devido a relação com os receptores, que permitem que a dopamina e a glutamina junto a outros estimulantes naturais que nosso cérebro produz, possam circular livremente, nos deixando mais alertas e com impulsos de humor. A parte ruim é que o café também libera adrenalina, deixando o corpo em estado de alerta para correr e lutar, mas também causa uma irritabilidade, ansiedade, deixando mais fácil de se carregar emocionalmente.

Estudos recentes também mostraram que a cafeína ajuda na memória, e pessoas extrovertidas ganham um impulso de memórias graças a cafeína, porém só funciona com quem não tem o hábito de ingerir café. A cafeína também ajuda o indivíduo a focar em alguma tarefa, segundo estudos realizados na França, mesmo se estiverem fadigadas, porém consumir demais causa efeito contrário.

Algumas pessoas não sentem mais esses benefícios da cafeína no organismo que acaba funcionando apenas como lembrete dos seus efeitos, e se a pessoa deixar de ingerir acaba se sentindo cansada e com sono, pois o corpo viciou na substância. O café também pode diminuir o apetite, apesar dos estudos terem sidos inconclusivos, acredita-se que ingerindo o café faz com que momentaneamente a fome passe, porém não é o suficiente para acabar com ela. Nada relevante foi encontrado nos testes realizados.

Em 2007, pesquisadores da Universidade de Erlangen-Nuremberg, provaram que algumas drogas têm um efeito maior causado pela cafeína, fazendo com que ele seja mais rápido e eficaz, inclusive em medicamentos analgésicos.

Além de ajudar em práticas esportivas e deixa a pessoa bem mais ativa devido ao seu estimulante, não é recomendado consumir diariamente segundo o fisiologista, Matthew Ganio “Se você pode tolerá-la, a cafeína pode ser a melhor coisa que você pode ter para melhorar seu desempenho”. A cafeína permanece no corpo por mais tempo e seu efeito pode durar até 5 horas, após sua ingestão.

Outro efeito de uma ingestão exagerada é as dores de estômago, azias causadas pela ingestão em jejum. O café é a droga psicoativa mais utilizada no mundo. “O café e a luz elétrica possibilitaram a grande transformação dos esforços humanos da fazenda para a indústria”, disse Charles Czeisler, neurocientista de Harvard.

Veja também: Café ajuda a emagrecer e tem efeito antioxidante

 

Prisões de segurança máxima suspenderam visitas íntimas aos presos

As visitas íntimas estão proibidas para a maioria dos presos nas penitenciarias federais de segurança máxima de todo o país. Para a polícia, são esses encontros privados que levam as ordens e mantem os criminosos mais perigosos no comando das facções.

Um regime de segurança rigoroso, e agora com visitas íntimas proibidas. É esta a situação dos 155 detentos no presídio federal de Catanduvas, no Paraná. Catanduvas, assim como outros presídios federais do país, funcionam como prisão modelo, sem fugas, sem rebeliões e sem celulares nas mãos dos presos. No entanto, foi em Catanduvas que teve início a primeira onda de retaliações contra agentes penitenciários.

A primeira vítima foi Alex Belarmino de 35 anos. Ele morreu em setembro, dentro do carro em uma emboscada em Cascavel, Paraná, cerca de 60 km de Catanduvas. Em abril foi a vez de Henry Gama de 50 anos, ele era funcionário da penitenciaria de Mossoró, no Rio Grande do Norte, e foi executado em um bar da cidade. Um mês depois, também em Cascavel, Melissa Almeida, psicóloga da penitenciaria de Catanduvas, foi assassinada dentro de casa.

A suspeita é de que os crimes sejam uma tentativa de intimidar e enfraquecer a segurança dos presídios federais. “É uma reação às disciplinas nos presídios federais, às revistas mais rigorosas em presídios e às medidas que dificultam o tráfico de drogas dentro de penitenciarias”, disse o delegado da Polícia Federal, Marco Smith.

As investigações apontam que a ordem para matar agentes foi transmitida por carta, e partiu da cúpula da facção criminosa que nasceu e cresceu nos presídios de São Paulo. “Partiu de um dos líderes, de uma posição bastante alta da facção. Ele já teve passagem pelo sistema penitenciário federal de Catanduvas, já teve passagem por outras unidades federais e é considerado um dos expoentes dessa facção”, disse Marco.

Mas como a ordem escrita teria saído de uma prisão de segurança máxima? Em presídios federais, todos os movimentos dos detentos são monitorados por câmeras de segurança, inclusive conversas com advogados. Por isso a suspeita é de que a sentença contra os funcionários tenha sido passada por meio de uma visita intima.

Depois das execuções, o DEPEN – Departamento Penitenciário Nacional, proibiu as visitas nas quatro unidades do país. A determinação vem sendo contestada na justiça por advogados de presos. Alguns por meio de liminar, conseguiram manter a permissão. Agora o clima na carceragem é ainda mais tenso.

Os funcionários querem que a proibição de visitas íntimas seja mantida. “O sistema penitenciário federal atravessa uma crise. Ele está no seu limiar. Porque a neutralização das organizações criminosas que passam pela quebra da cadeia de comando, não está acontecendo. O sistema penitenciário federal não está conseguindo quebrar a hierarquia de comando”, disse o sindicalista e agente penitenciário federal do Paraná, Carlos Augusto Machado.

 

Fabricante de aspirador de pó faz uma enorme aposta em casas inteligentes

 

A aspiradora robotizada Roomba limpou os pisos por um período de tempo considerável, no entanto, o futuro pode ser mais sobre a acumulação de informações do que o solo.

A informação espacial pode ser alterada: as medidas de uma sala e, além disso, separa-se entre sofás, mesas, luzes e outros móveis de casa. Para um setor de inovação ansioso para avançar casas “interessadas” controladas por uma variedade de gadgets associados à Internet, o espaço é a seguinte região selvagem.

A iluminação doméstica astuta, reguladores internos e câmeras de vigilância estão disponíveis, no entanto, Colin Angle, CEO do produtor iBobot da Roomba, diz que esses aparelhos são ainda imbecil em relação à compreensão da condição física.

Ele acredita que a inovação de mapeamento que agora direciona os melhores modelos da Roomba pode mudar isso e está construindo o procedimento da organização com respeito a ele.

“Existe toda uma comunidade biológica de coisas e administrações que a casa astuta pode transmitir depois de ter uma casa rica delineando que o cliente permitiu ser compartilhado”, disse Angle.

Esta visão tem seus fãs, de especialistas financeiros para organizações como Amazon.com, Apple e Alphabet, que estão promovendo colegas de voz inteligentes e inteligentes como interfaces domésticas astutas.

De acordo com a empresa de pesquisa orçamentária IHS Markit, a mostra de aparência doméstica experiente foi estimada em US $ 9,8 bilhões em 2016 e antecipou que cresceria 60% este ano.

Edge revelou à Reuters que a iRobot, que fez o Roomba bom com o parceiro de voz da Amazônia, Alexa, em março, poderia obter o consentimento para lançar seus mapas para pelo menos uma das três organizações notáveis da Internet nos dois anos seguintes.

A Amazon não quis comentar, enquanto a Apple e o Google não reagiram às demandas de observações.

Até agora, os especialistas financeiros foram estimulados pelos projetos da Angle, levando o estoque da iRobot a US $ 102 em meados de junho, ante US $ 35 por ano, dando à organização uma estimativa de mercado de quase US $ 2,5 bilhões.

Em qualquer caso, há preocupações sobre a abordagem do iRobot, passando de problemas de proteção para uma reunião em desenvolvimento de contendores geralmente menos dispendiosos que são debilitantes para transformar um item efetivamente de ponta em um aparelho de unidade familiar típico.

Fundada em 1990, o iRobot prevaleceu no que diz respeito à construção de robôs de transferência de bombas para o Exército dos EUA antes de impulsionar o primeiro “robovac” do mundo em 2002. A organização vendeu sua unidade militar há um ano para se concentrar no Consumo e diz que Roomba – que varia de US $ 375 a US $ 899 – ainda possui 88% da vitrine dos EUA para robovac (aspiradores automatizados).

Todos os Robovacs utilizam sensores laser de infravermelho ou de curto prazo para distinguir e manter uma distância estratégica de dissuasões. No entanto, o iRobot em 2015 incluiu uma câmera, novos sensores e programação para o arranjo 900 da Roomba que lhe conferiu capacidade para montar um guia enquanto controlava sua própria área Dentro das condições.

A alegada inovação em confinamento e mapeamento simultâneo (SLAM) agora permite Roomba e outros robovacs de primeira classe feitos por Dyson e diferentes oponentes, para fazer coisas como deixar de chupar, voltar para a base para recarregar e voltar para um local semelhante para completar a administração.

Nova pesquisa revela que brasileiros estão mais conscientes na hora de comprar

Resultado de imagem para compras

Novos dados revelaram que 3 em cada 10 brasileiros são conscientes na hora de comprar. O número pode até parecer baixo, mas diante da crise econômica, tem muita gente preocupada em comprar somente o que é necessário.

A pesquisa feita pelo Serviço de Proteção ao Crédito – SPC, revelou que o baixo número de 3 em cada 10 pessoas, que somam um total de 28%, é significante quando diz respeito ao estado de consciência em relação as compras. Além disso, a pesquisa ainda descobriu que mais da metade, 56% das pessoas, estão aprendendo a comprar de forma mais consciente.

A grande questão disso tudo é que o consumidor brasileiro já não tem tanto dinheiro para gastar com produtos desnecessários, por isso cada dinheiro gasto é mais consciente do que era antes da crise econômica.

O número de pessoas preocupadas com o dinheiro no bolso aumentou de 48% no ano passado, para 56% nesse ano. Os especialistas afirmam que mudar de comportamento costuma ser bastante difícil, mas que como todo hábito isso leva tempo e perseverança. No entanto, alguns detalhes nessa jornada podem fazer grandes diferenças para quem quer economizar e comprar somente o indispensável.

“Liquidação é um ‘terror’ para quem quer economizar dinheiro, pois as chances de você errar podem estar ali disfarçado de economia. Os consumidores de um modo geral tende a cair nas liquidações, o que não é assim tão ruim quando o produto de fato está mais barato. O problema é que os consumidores costumam comprar mais do que necessário e produtos que nem mesmo usarão”, disse a diretora da Associação Planejar, Márcia Dessen.

A especialista sugere que a população crie uma nova cultura de consumo e ensinem as crianças a lidar melhor com o dinheiro. Essa é a chave principal que os brasileiros precisam para mudar a forma de consumir no futuro. “Os adultos precisão entender que eles são totalmente responsáveis pela educação financeira de seus filhos. O melhor modelo disso está no comportamento dos pais, a forma como eles se comportam em relação ao consumo, irá influenciar diretamente a forma com que seus filhos irão consumir no futuro”, disse Márcia.

É preciso pensar não somente no bolso do brasileiro, que atualmente costuma estar quase vazio, mas também na saúde do nosso planeta, que por causa do consumo desenfreado está superlotado de produtos que vão parar no lixo. O brasileiro, também deve entender que tudo que ele compra, precisa ser reciclado ou descartado em algum lugar.

Uma ótima dica para quem quer começar a ser mais consciente nas compras, é criar o hábito de fazer listas. Isso faz com que o consumidor não fique perdido na hora de comprar alguma coisa, principalmente nas idas ao supermercado.