Anatel informa que 1,5 mi de celulares foram bloqueados em um ano no país

A Anatel – Agência Nacional das Telecomunicações, informou no dia 8 de dezembro de 2017, que até o mês de novembro, houve um registro de mais de 1,5 milhão de celulares que foram bloqueados no país por terem sido perdidos, furtados ou roubados. O período foi composto por 12 meses, contados até o mês de novembro deste ano.

Os dados sobre os últimos 12 meses revelados pela Anatel foram adquiridos através do Cemi – Cadastro Nacional de Estações Móveis Interrompidas, que é supervisionado pela Anatel, mas só é operado pela agência ABRTelecom.

Segundo o Cemi, que é uma espécie de registro relacionados aos terminais telefônicos, o volume de aparelhos que entraram para o cadastro no mês de novembro deste ano chegou a 9,1 milhões. Dentro desse total, nem todas os pedidos foram efetivados, pois há critérios que devem ser seguidos para que um celular seja bloqueado. Para que seja solicitar o bloqueio, o consumidor deve proceder apenas de duas formas: a primeira é para o caso de perda, onde o consumidor deve solicitar o bloqueio junto a empresa de telefonia do aparelho; a segunda é para o caso de roubo, onde o consumidor deverá registrar o ocorrido através de um Boletim de Ocorrência para então solicitar o bloqueio do aparelho.

A Anatel informou que o estoque de celulares que foram bloqueados teve um aumento de 21% em apenas um ano. No mês de março do ano passado, a agência concedeu a permissão para que as delegacias passassem a cadastrar os aparelhos furtados, roubados ou perdidos através do B.O. Além disso, a agência também passou a exigir apenas o número do celular para que o bloqueio fosse realizado.

Anteriormente a essa nova regulamentação da Anatel, a inclusão de celulares no cadastro do Cemi só era possível através do Imei – Identificação Internacional de Equipamento Móvel, que nada mais é do que um número de cadastro existente em todos os dispositivos móveis. O código que funciona como se fosse um RG, pode ser encontrado das seguintes formas: embaixo da bateria, dentro do chassi; no verso do celular; na descrição técnica do aparelho; digitando o código “*#06#” no teclado do celular.